Prefeitura
CBMM
Postado em: 27/05/2022

Bairro São Francisco recebe Mutirão de Limpeza Contra a Dengue neste sábado

Assessoria de Comunicação da PMA

Dando continuidade às ações de combate à dengue e outras doenças transmitidas através do mosquito Aedes aegypti, a Vigilância Ambiental da Prefeitura de Araxá realiza a segunda etapa do Mutirão de Limpeza Contra a Dengue de 2022 neste sábado (28), a partir das 7h, no bairro São Francisco. A ação faz parte de deliberação do Comitê de Enfrentamento à Dengue.

Os agentes da Secretaria Municipal de Saúde vão percorrer todo o bairro para auxiliar na limpeza e retirada de materiais que possam acumular água, servindo de criadouro para o mosquito transmissor da dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela.

Caminhões irão acompanhar a equipe para a retirada dos materiais e agentes de saúde irão fazer panfletagem e orientação aos moradores sobre os riscos da doença e como prevenir focos do mosquito.

A Vigilância Ambiental pede apoio e compreensão da população para separar o material a ser descartado e permitir o acesso dos agentes aos imóveis.

A coordenadora da Vigilância em Saúde, Leninha Severo, destaca que diversas ações vêm sendo realizadas pelo Município para evitar o mosquito, como a continuidade do carro fumacê, fechamento de caixas d'água, dedetização nas residências, além de ações educativas nas escolas.

“Pedimos que toda a população se mobilize e faça sua parte, mesmo os moradores não alcançados por este mutirão. Retire do terreno ou residência os materiais que possam acumular água, fique atento ao bebedouro de animais, pratos de vasos de plantas e caixa d'água, que são os maiores focos observados nos últimos levantamentos. É unindo forças que iremos evitar a doença", reforça.

Casos

A cidade contabiliza quatro óbitos de dengue este ano e um óbito segue em investigação. Até o momento, o Município registrou 2.213 notificações da doença em 2022, sendo 813 positivos, 1.157 negativos e 243 que estão aguardando resultado.

Em relação à febre chikungunya, foram registradas 13 notificações da doença, dos quais três foram confirmadas, oito negativas e dois aguardando resultado. Até então, não há nenhum caso de óbito confirmado por chikungunya.

Não há notificação de casos suspeitos do vírus Zika até o momento.

 

Mais lidas