Prefeitura
CBMM
Postado em: 18/04/2022

SAFRA DE GRÃOS RECORDE EM MINAS GERAIS

Milho - Foto Wenderson Araujo/CNA

 

Os grãos despontam como destaque da agricultura brasileira neste ano. De acordo com as últimas previsões da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), a safra 2021/2022 deve chegar a 265,7 milhões de toneladas, com aumento de 4%, na comparação com a colheita anterior. Mas o avanço da safra mineira será ainda maior. A previsão é de que chegue ao volume recorde de 17,1 milhão de toneladas, com alta de 11,4%.

 

De acordo com o gerente de Agronegócios do Sistema FAEMG, Caio Coimbra, os preços estimulantes, principalmente para milho e soja, levaram ao aumento da área cultivada com grãos em 4,3% no estado ou em 165 mil hectares. Só a expansão das culturas de milho e soja foi de 150 mil hectares.

 

Soja - Foto Wenderson Araujo/CNAUma imagem contendo grama, trem, perto, vista

Descrição gerada automaticamente

 

 

“A maior expansão foi do milho. Os preços já estavam estimulantes, mas ficaram ainda melhores porque questões climáticas do ano passado levaram a uma forte quebra da segunda safra do grão. Com isto, por causa da baixa na oferta, os valores pagos pela saca aumentaram também. Consequentemente, os produtores rurais mineiros agora apostaram mais no milho”, afirma Caio Coimbra. Em Minas, os municípios com maior produção do grão são Unaí, Perdizes, Uberaba, Sacramento e Coromandel.

 

Neste ano, estão previstas quedas para as produções mineiras de algodão, em cerca de 4,5%, e de feijão, em 3,1%. No entanto, os bons resultados do milho e da soja, vão compensar e o recorde da safa mineira de grãos tende a ser mantido. “Até então, as previsões climáticas não indicam grandes alterações”, observa Caio Coimbra.

Mais lidas